Dicas de Gestão da Contabilidade para Empresas


Tempo de Leitura: aproximadamente 8 minutos.


A contabilidade para empresas tem como principal objetivo fornecer informações contábeis que permitem ao usuário tomar decisões gerenciais, buscando salvaguardar os ativos da empresa. Os relatórios contábeis geram informações relevantes sobre a empresa e a respeito de seus custos e despesas. Elas servem de subsídios para a administração eficiente e, se usadas de forma ágil e inteligente, podem melhorar a saúde financeira do negócio.


Para o empresário, a contabilidade deve ser vista como um sistema de informação indispensável à gestão, tendo em vista que, é através dos registros contábeis que ele consegue acessar diversas informações, como custos, giro de capital, giro do estoque e carga tributária. Pontos importantes para o desenvolvimento do planejamento, gerenciamento e desenvolvimento de um negócio.


Confira neste artigo porque a contabilidade é fundamental para o seu negócio:


O que é uma assessoria contábil?


A contabilidade empresarial oferece formas de o gestor conhecer seus bens e suas obrigações. Estar a par dos acontecimentos financeiros é essencial para a tomada de decisões assertivas e baseadas em números, ou seja, nada de “achismos” ou de planejamento tomando o concorrente como base.


Vale ressaltar que a contabilidade para empresas não é destaque apenas durante crises, mas também nos momentos de expansão e de saúde financeira estável. A contabilidade para empresas tem como função principal cuidar de toda parte fiscal da sua empresa, sendo a ponte direta entre os órgãos governamentais e o seu negócio, pensando sempre em como economizar tributos. 


A assessoria contábil também deve zelar pelos seus funcionários, cuidando de todas as regras trabalhistas impostas pelos órgãos competentes para o seu negócio. Mas não se confunda, o trabalho de uma assessoria contábil é bem diferente de um advogado trabalhista. Um não faz o que o outro faz!


A contabilidade  também é a responsável por identificar em qual regime tributário a empresa se encaixa, como Simples Nacional, Lucro Real e Lucro Presumido. Essa, aliás, é parte essencial para que uma organização simplifique suas atividades, economize tempo e reduza os custos.


O que faz a Contabilidade na prática?


A Gestão Contábil irá realizar as análises e demandas da rotina contábil do seu dia a dia. São elas:


Registrar

A contabilidade de uma empresa é a área responsável por registrar e documentar todas as transações financeiras de uma organização. Todo valor que entra e sai deve estar anotado, bem como o destino e a origem de cada valor que entra na conta empresarial.


Além disso, é necessário o registro de gastos com funcionários, insumos e estoques. Todos esses eventos econômicos e financeiros devem estar em um Registro Contábil, obrigatório de acordo com a ITG 2000 (Interpretação Técnica Geral), aprovada pela Resolução 1330 e 2011 do CFC (Conselho Federal de Contabilidade) 1330 de 2011.


Por meio dos dados do Registro é possível verificar a saúde financeira do negócio, observando o total de bens acumulados, o patrimônio líquido, o alcance de metas de aumento de lucro e quais os dividendos disponíveis para retirada. É possível, ainda, analisar se a empresa está gastando mais do que pode, dando tempo para que o gestor pense em estratégias de recuperação em casos mais críticos.

Organizar

Outro papel importante da contabilidade para empresas é a organização dos dados, mas não a simples compilação de números. O profissional da área deve ser capaz de pensar em formas e sistemas exclusivos para cada companhia, sem se esquecer de levar em conta as particularidades e a forma de trabalhar das organizações.


Em outras palavras, a contabilidade para empresas encontra formas de organizar todos os dados contábeis de acordo com a dinâmica da empresa. Se há fornecedores de diversos setores, se a receita está sendo gerada de diferentes fontes e se existem clientes em todo o Brasil, por exemplo, é a contabilidade quem ficará responsável por elaborar sistemas eficientes de gestão.


Essa pode ser uma tarefa um pouco mais difícil para proprietários e gestores que querem se aventurar no mundo da contabilidade. O ideal, aqui, é contar com a ajuda de uma empresa especializada ou estudar sobre o assunto.

Demonstrar

É por meio da contabilidade que é feita a demonstração de fatos e transações que podem afetar a empresa enquanto patrimônio. Isso facilita na hora de os gestores oferecerem as informações corretas sobre as composições, variações e análises dos resultados econômicos da gestão patrimonial.


A contabilidade ainda possibilita que sejam analisadas as ações antigas da vida econômica da empresa, com demonstração profunda do presente e projeção do futuro. Tudo isso viabiliza planos de orientação administrativa no curto, médio e longo prazo.

Analisar

A contabilidade é a área responsável por analisar os demonstrativos e os relatórios contábeis gerados nas ações anteriores. Com todos os dados, é possível apurar os resultados que foram obtidos e projetar números possíveis para o futuro.


Para o gestor de uma empresa, essa etapa é uma das mais importantes. Com a análise correta dos dados levantados, é possível ver se a empresa trabalha dentro do que foi planejado, se os gastos previstos passaram do limite e quais as expectativas para os próximos meses.


A análise ainda possibilita que o próximo planejamento seja feito com base em dados, e não somente projeções do mercado sem embasamento. Ou seja, é a forma mais confiável de se planejar, uma vez que os dados levantados são da própria empresa que está traçando a nova estratégia.

Acompanhar

A contabilidade eficiente de uma empresa também permite que os gestores acompanhem a execução de todos os planos econômicos, sem deixar de lado as despesas fixas e as receitas da organização.


Outro aspecto positivo é que também é possível se antecipar aos problemas. Quando valores previstos não são recebidos, por exemplo, o gestor pode pensar em formas de fazer com que o resultado na saúde financeira seja mínimo.


O acompanhamento também permite que sejam antevistos gastos em épocas específicas. Gastos com décimo terceiro, férias e outras despesas com funcionários, por exemplo, podem ser pensados meses antes, ou seja, o impacto será menor quando houver a necessidade de retirar os valores necessários.

A importância da automatização de processos

A tecnologia está cada vez mais presente nos negócios e as empresas que desejam manter-se competitivas precisam entender a importância de acompanhar essa evolução. Automatizar processos é uma das maneiras de se fazer isso.


A prática de automação consiste em substituir processos manuais por sistemas automáticos, que proporcionam a integração de tarefas e informações. Com isso, acelera-se o tempo de execução dos trabalhos, tornando as tarefas mais eficientes e menos onerosas.


Com a ausência da automação de processos, o setor terá inúmeros problemas como:


– Falta de comprovantes de pagamentos de despesas;

– Contas bancárias não lançadas;

– Entradas não identificadas;

– Descuidos na emissão de notas fiscais;

– Presunção de lucros sem considerar os custos de um projeto;

– Cometer falhas nas contratações;

– Desorganização da documentação.


Portanto, um programa criado especialmente para lançar todos os dados do dia a dia da empresa ajuda a acelerar o processo contábil. Com essas informações, é possível repassar os dados online para o cliente de forma rápida e prática. Essa automatização facilita a comunicação entre a empresa e a consultoria contábil.


3 dicas de contabilidade para empresas 


Independentemente da formação de um proprietário de empresa, é fundamental que ele esteja habituado a práticas e termos relacionados a fluxo de caixa, controle de contas a pagar, previsibilidade de receita, planejamento tributário e outras práticas inerentes à gestão de empresas de todos os portes e setores.


Veja como se torna mais fácil administrar de forma analítica e assertiva:


Previsibilidade de lucro


A contabilidade empresarial possibilita que o gestor tenha uma previsão do quanto lucrará em determinados períodos. Assim fica fácil decidir sobre contratações, investimentos, gastos e até sobre o momento certo de fazer alguma economia.


Contar com os dados obtidos pela contabilidade para empresas é a forma mais fiel e concreta de prever as receitas. Muitos administradores, especialmente os de micro e pequenas empresas, acabam cometendo erros de prever lucros apenas contando com o fluxo do mercado como um todo.


Essa análise é feita por meio da contabilidade e do histórico da própria empresa. Com base na própria dinâmica, portanto, as previsões podem ser muito mais acertadas. A personalização dos dados e números é fundamental para uma boa decisão.


Planejamento de Despesas


Com o desempenho contábil sendo de conhecimento do administrador, a margem de erro diminui muito e o planejamento se torna muito mais fácil.


A contabilidade para empresas permite que sejam identificados meses de gastos mais altos e quais os motivos do aumento das despesas. Podem ser, por exemplo, por formação de estoque, folha de pagamento ou pagamento de impostos.


Com essa percepção, o administrador consegue planejar as despesas de forma mais assertiva, tomando decisões que não comprometam o capital de giro, a segurança patrimonial e o funcionamento da organização.


Perspectiva de crescimento


Muitos proprietários ainda levam suas empresas sem nenhum suporte de dados e números. A contabilidade evita que seja necessário esse “tiro no escuro”, promovendo o planejamento correto dos próximos passos que sua empresa vai dar.


A análise dos números permite que o proprietário saiba quanto poderá investir no futuro, quando será possível e necessário conquistar novos investidores e quando ele poderá atingir os objetivos traçados no seu planejamento.


Isso facilita, inclusive, na credibilidade da sua empresa perante o mercado e investidores. Com os números e a previsão em mãos, você pode mostrar o potencial real do seu negócio no futuro.

Planeja Consultoria: auxiliando a sua empresa a ir além

O contador tradicional burocrata não consegue demonstrar valor. E isso ocorre porque ele se limita a entregar apenas os impostos, pedindo ainda que você faça a maior parte do trabalho. Na contabilidade consultiva, o trabalho do real contador começa no entendimento do negócio do cliente, porque existe a necessidade de analisar e traduzir as informações e desafios contábeis para os empresários de forma clara e transparente. O papel do contador também é fazer a ponte entre a informação técnica e a gestão do negócio.


Na Planeja Consultoria utilizamos o melhor software contábil do mercado, impulsionando a eficiência e a precisão dos serviços prestados por meio da otimização de processos e da redução de custos e desperdícios. Além disso, possuímos um aplicativo contábil, onde o cliente pode abrir e acompanhar demandas, bem como ver as rotinas mensais da contabilidade com a empresa.

Ao fazer menos investimentos em questões operacionais, você poderá dedicar mais recursos na melhoria de seu negócio, além de focar seu processo em questões estratégicas, como o atendimento ao cliente. Essa atuação será um diferencial perante o mercado e se tornará uma importante vantagem competitiva para sua empresa.



Vamos começar essa transformação hoje?

 


Gostou das dicas deste artigo? Deixe um comentário.

Share your thoughts

No Comments

Leave a Comment: