Você sabe a importância do controle financeiro para sua empresa?

Ainda existem muitas dúvidas sobre como fazer um acompanhamento e controle financeiro empresarial adequado, quais ferramentas utilizar e quais são os reais impactos de uma má gestão ou um gerenciamento baseado apenas em dados sugestivos ou o famoso “feeling”.


Por isso, é importante ter em mente que planejar e executar um controle financeiro eficiente é a base para viabilizar qualquer tipo de negócio. O empreendedor precisa adquirir alguns conhecimentos financeiros básicos e dedicar tempo para priorizar as finanças da sua empresa, seja para planejar, analisar, executar ou investir.


Você, empresário, pode pensar que “implantar processos financeiros na minha empresa é muito difícil e complexo” ou “só empresas de grande porte precisam de um controle financeiro”. Por esse motivo, criamos esse artigo, que irá te ajudar a entender a importância de estruturar um bom controle financeiro, independente do tamanho da sua empresa e sem complicações. Vamos juntos? Boa leitura!


Controle financeiro: Por quê?


Abrir uma empresa exige muito do empreendedor, que precisa desenvolver diversas habilidades diferentes e desempenhar bem suas atividades em diversos setores para que a empresa cresça adequadamente.


Entre essas atividades a gestão financeira é, sem dúvidas, uma das maiores responsabilidades e também a que apresenta maiores dificuldades para a maioria dos gestores de primeira viagem. Diversas pesquisas já confirmaram que a falta de controle financeiro é a principal causa do encerramento de atividades empresariais no país.

Vale ressaltar que neste índice estão inseridas até mesmo empresas que apresentavam grandes números de vendas, porém eram mal equilibradas e não evitaram o prejuízo.

Decisões mais assertivas


Outra grande vantagem de possuir um controle efetivo das finanças é que, com os dados organizados, podemos rapidamente consultá-los para tomar decisões em momentos oportunos. Isso evita a gestão reativa, que apenas apaga incêndios, dando lugar a uma gestão proativa.

Perspectivas de crescimento


Para manter uma empresa competitiva no mercado, é preciso estimulá-la e aplicar novos investimentos para que a expansão dos negócios seja possível. Invista em inovação, novas tecnologias, melhorias de gestão e processos, mas sempre com estratégia. Planeje-se e crie cenários possíveis de acordo com a viabilidade da sua empresa para evitar surpresas ruins nos resultados. 


Menos desperdício e mais crescimento


À medida que um problema ocorre por conta do financeiro da empresa, em que as metas não são atingidas, o gestor pode identificar a origem do problema para solucioná-lo. Muitas vezes, os setores estão investindo em produtos ou serviços desnecessários, o que configura um desperdício de recursos. Enquanto outros precisam de reforços e mais investimentos.


Dicas para um controle financeiro eficiente


O caminho para conquistar o equilíbrio passa pelo controle financeiro. É uma escolha individual e que todos nós temos que fazer em algum ponto da vida. Do contrário, seremos reféns do dinheiro, trabalhando sempre mais para pagar custos que, muitas vezes, nem sequer conhecemos ou acompanhamos.


Um bom Fluxo de Caixa


Uma empresa em seu dia a dia, precisa de organização, não só na forma de trabalho, como também para manter seus rendimentos, investimentos e finanças em dia. Assim, o fluxo de caixa basicamente analisa o saldo disponível daquele empreendimento, para que se faça um balanço correto de quanto capital a empresa tem, onde foram gastos os recursos e para qual finalidade. 

Neste sentido, o fluxo de caixa nada mais é do que uma ferramenta fundamental de controle. Sem ele, nenhuma empresa sobrevive por muito tempo! 


Planejamento Financeiro


Administrar as finanças da empresa parece uma tarefa bastante complicada, e de fato vai ser, caso seja feita através de planilhas simples e de programas isolados de computador. São muitos os detalhes e movimentações financeiras para serem controladas ao mesmo tempo, como acompanhamento de caixa, bancos, estoques, clientes, fornecedores, entre outros.

Para deixar o processo mais ágil e mais fácil de ser visualizado, os softwares integrados são a melhor opção. Trata-se de uma única plataforma que une e fornece os dados gerais da empresa, gerando relatórios completos.


Demonstração do Resultado do Exercício – DRE


DRE nada mais é do que um relatório que demonstra de forma resumida as operações realizadas pela empresa. Nele são confrontadas as contas de receitas, despesas, investimentos, custos e provisões apurados, evidenciando a formação do resultado líquido da empresa na ocasião.


Para fins legais, a DRE é feita anualmente, mas pode ser feita mensalmente de maneira simplificada para fins administrativos e também trimestralmente para o monitoramento dos gastos fiscais. O Relatório de Demonstração do Resultado do Exercício deve ser preparado respeitando o regime de competência, ou seja, conforme a ocorrência do fato gerador do registro contábil, independentemente do efetivo recebimento da receita ou do pagamento da despesa.


Dê uma olhada em nossa planilha gratuita e descubra se sua empresa teve lucro ou prejuízo nos períodos desejados:

https://conteudo.planejaconsultoria.com/planilhadre


Com a DRE se torna possível analisar de forma crítica os números apresentados e determinar a eficiência das práticas adotadas pela empresa, possibilitando assim uma boa gestão financeira no futuro.

Por último, vale enfatizar que todo o procedimento de consultoria financeira Planeja Consultoria visa fornecer ao empreendedor e seus gestores maior conhecimento e domínio sobre sua empresa. Esse é um fator fundamental para o crescimento do negócio, mas, muitas vezes, difícil de ser obtido sem uma ajuda especializada. Se você procura um parceiro para o seu negócio, venha conversar conosco!

Share your thoughts

No Comments

Leave a Comment: